Início »

Des-Norte?

Des-Norte?
JUL 16, 13
Publicado por Joker

De Bordéus até Marselha
Corre distância tamanha
As duas parecem parelha
Desd’a Provença à Gasconha

E se não mostram correlação
Por mais aparente que ténue
Ha momentos nessa acção
Que mostram relação solene

Embates de fim-de-semana
Ambos em terras francesas
Que mostram, a forma arcana
Em deambulações Portuguesas

Tratadas de forma paritária
Apesar de resultados distintos
O Porto, na quota legitimária
O benfica, por ecos famintos

Apesar de volume parecido
Aos três embates nos francos
Um pormenor parece esquecido
Por três, no realce dos descontos!

E uma vitória sobre o vice
É quase equiparada ao empate
Se não fosse por malandrice
Diria qu’era por disparate!

O Sexto do campeonato franco
Meteu golo aos noventa e dois!
A bola qu’entra , ao canto
No gesto ofensivo, pois…

E o Artur em gestos de pose
Caindo pra fotografia
Aguenta c’o a mesma dose
Por habituação à pornografia! 😉

Mas tudo é bem tolerado
Estamos em terras de vanguarda
Se não fosse este nosso fado
A vitória estava assegurada!

É pena é que o tempo discorra
Para além do qu’é aceitável
Nós queremos qu’o Jesus não morra
Na praia, nem no amigável!

Pois, está perto da hegemonia
Só lhe falta mais um jogador
Aos cem, elevará a fasquia
Conquistas? Só as de comprador!

Mas existe uma semelhança
Entre os dois jogos franceses
Ambos acabaram em França
Com uma vitória e revezes!

E se formos contabilizar
O troféu conta como Taça Latina?
Se assim for, é de continuar
A somar troféus, em surdina!

Será que o empate já vale?
E conta como troféu pr’a Bola?
Mais vale uma taça real
Qu’inchar nessas finais, a tola!?

E o Porto até só venceu
Por três, mas quase qu’empata!
Só no apito, convenceu
Parecia aquele golo do Vata!

Por isso há muitas semelhanças
Entre Bordéus e Marselha
Em França, morrem as esperanças
Nas mãos que jogam d’esguelha!

E se retirarmos o pormenor
Da vitória ter sido robusta
No empate, há resultado melhor
Pois, o Bordéus é equipa astuta!

Pois ultrapassou o Cortez
O conquistador do México!
Deixando o corredor, à vez
Temos esquerdino desléxico!

E agora que vem o Fariña
O Pó é todo do mesmo saco
Um fornecimento à pinha
Deixará o meio compacto!

E entre a armada sérvia
O Luisão vai ser o maior rosto
A conquista é sentença prévia
Senão lá vem outro “encosto”!

Ou chama-se o Karadzic
Para impor nova hegemonia
Não há Bósnio que não se lixe
Nesta constituição sadia!

Pois, a mesma está consolidada
O benfica está voltado a leste
Este ano, é mais uma fornada
De vitórias tomadas, em teste!

E mesmo que venha o desnorte
No tempo tomado em descontos
Sabemos qu’um benfica forte
Precisamos, para estarmos prontos!

Nem que seja para novo resgate
Aumentando a força do Produto
Interno, que é um disparate!
Qu’o diga o Mexia, do Bruto!?

Hegemónicos nos tornamos
Até vencemos a Troika
Em França, só empatamos
Pr’a não ofender a lógica!

jesus

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: