Início »

O Janízaro Meireles

Hoje, sendo Turco, sou bem mais Lusitano!
Na pátria d’Ataturk, o orgulho é coisa séria
No dia da Liberdade, escolho ser turcomano!
Pois, lá o Janízaro, vai de chuto fazer miséria!

E desta vez as capelas, não farão vista grossa
Imperará a isenção, numa cidade sagrada
Pois, há igrejas jacentes e Mesquitas de sobra
Deus é omnipotente, e não escolhe à descarada!

E numa equipa estrangeira, impera o Português
Onde numa equipa lusa, o de fora é o portento
Que me perdoe Camões, neste dia de clichês
Prefiro a equipa turca, qu’este Regime bafiento!

Pois por lá é tudo igual, não se brinca c’as cores
Ai de quem se porte mal, com Capelas amadores
É corrido, pois a eito, naquelas vagas asiáticas
Não vingo despeito, ou convenções diplomáticas!

Por aqui é tudo igual, neste discurso do marasmo
Até um Presidente banal, se dá a tons de sarcasmo
Neste dia de Portugal, quer’a inversão de Lepanto
Uma vitória naval, sobre este país sacro-santo!

De poderes instituídos, do Ancien Régime, saudosos
De feudos constituídos, na culta linhagem dos Godos
Ou dum regime caduco, que fez da tríade, a Nação
No futebol o seu truque, unindo Deus e a Canção!

Por isso, rezo por essa obra d’arte!
Qu’acabe c’o este ranço, c’as capelas reles
Qu’a Justiça se chame Fenerbahçe!
No seu balanço: CHUTA MEIRELES!!!

 
raul-meireles-est-content
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: