Início »

O leão morreu!

O leão morreu! Estava em intensivos cuidados
Deixou-nos num sono de Morfeu, desenganado…
Tinha deixado a savana, aventurara-se a caçar
Fora da sua campana, numa caçada em alto-mar!

Prometera forte reinado, este leão orgulhoso
Quando ganhara o mercado, num golpe audacioso
Em que arrebatara guerreiros, em vários tribos
Simples flibusteiros, sem conduta pr’os estribos!

E nisto o leão, convencido qu’era um Navegador
Desafiou, no seu condão, o terrível Adamastor!
Achava-se dotado de armada, e ele forte gestor
Mas acabou sem a remada, roída por um castor!

Com um rombo no seu casco, por desvio da sua rota
Em virtude do fiasco, com que iniciaram esta prova
O navio ficou à deriva, navegando sem seu destino
Sem visão alternativa, pois naufragou num remoinho!

O leão nadou para a costa, salvando-se num booleano
Numa lógica sem resposta, regressou àquele 
Oceano
Tentava, de novo, avançar, sem coordenadas à vista
Para de novo naufragar, sem vislumbre de conquista!

Mas, nesta segunda vez, o leão entrou em maleita
Ficou-se de viuvez, sem o Duque e o Mestre Freitas
Porque a leonina armada ficara, totalmente desfeita
Só a cruz lhe sobejara, colhido em renovada desfeita!

Para terra nadou o leão, salvando-se na sua altivez
Queria ser o campeão, por isso cruzou o mar de vez
Mas não saiu daquela barra, por causa de um tornado
E lá s’afundou, sem amarras, não no mar; no rio Sado!

sporting_derrotado

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: